sexta-feira, 30 de outubro de 2020

As cinco linguagens do amor

 Olá pessoal, 

Em tempos normais não é fácil manter um relacionamento, imagine durante uma pandemia.

A vida a dois exige cuidado, carinho e muito afeto.

Perdi as contas de quantos livros já li do Gary Chapman, autor de as 5 linguagens do amor.


Recomendo para todos, ainda que solteiros.

Não é só o patrimônio que precisa de cuidado, tempo e investimento.

A maior riqueza da vida não são números em contas bancárias. São os relacionamentos significativos. Pessoas importam mais do que coisas, ainda que, frequentemente, sejamos ensinados do contrário. "Se o dinheiro é o seu deus, sua vida será um inferno".

Gosto do livro por duas perspectivas: autoconhecimento - ao incentivar auto percepção da sua linguagem do amor principal - e conhecimento do(a) companheiro(a) - ao devotar-se a principal linguagem do outro.

É um livro muito bom, tanto para prevenção de problemas quanto para aqueles casais que já enfrentam os últimos dias juntos.

Dê uma chance à possibilidade de ser feliz a dois.

Casar é fácil, difícil é desfrutar da união por longos anos.

Invista naquilo que mais importa - sua família.

Um abraço e até a próxima.





Nenhum comentário:

Postar um comentário